STF declara inconstitucionalidade de dispositivo de lei que fixava idades mínima e máxima para ingresso na magistratura do DF

- Núcleo de Direito Administrativo

Em julgamento virtual ocorrido em 07.12.2020, o Supremo Tribunal Federal (STF) declarou a inconstitucionalidade do art. 52, inciso V, da Lei n. 11.697/2008, que dispõe sobre a organização judiciária do Distrito Federal e dos Territórios. A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) n. 5.329, proposta pela Procuradoria Geral da República (PGR), fundamentou que o dispositivo padecia … +

Ministro Edson Fachin defere medida cautelar para determinar ao Presidente da República a observância da lista tríplice na nomeação de reitores e dirigentes das instituições de ensino superior

- Núcleo de Direito Administrativo

O Ministro Relator Edson Fachin deferiu, parcialmente, o pedido de medida cautelar na Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) n. 759, para garantir que a nomeação dos reitores e dos vice-reitores das universidades federais e dos diretores das instituições federais de ensino superior respeite as listas tríplices enviadas pelas respectivas instituições. A decisão tem … +

STF analisará a constitucionalidade da LC n. 173

- Núcleo de Direito Administrativo

O partido Solidariedade ajuizou, em 09.12.2019, a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) n. 6623, que questiona a constitucionalidade da norma que determinou a suspensão da contagem do período aquisitivo de benefícios dos servidores públicos da União, dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal, exceto para efeitos de aposentadoria e disponibilidade. A determinação é da … +

Justiça Comum, e não a do Trabalho, é a competente para decidir sobre contribuição sindical de servidores estatutários, decide STF

- Núcleo de Direito Administrativo

No julgamento do Recurso Extraordinário n. 1.089.282/AM, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, em sede de repercussão geral, que a Justiça Comum, e não a do Trabalho, possui competência para processar e julgar demandas que discutem o recolhimento e o repasse de contribuição sindical dos servidores públicos estatutários. A controvérsia tem por base a análise … +

STF reconhece a possibilidade de alteração de etapas de concurso público e modificação de critérios de estado probatório em razão de crença religiosa

- Núcleo de Direito Administrativo

O Supremo Tribunal Federal (STF), em 26.11.2020, concluiu o julgamento simultâneo do Recurso Extraordinário (RE) n. 611874 e do Recurso Extraordinário com Agravo (ARE) n. 1099099, que versavam sobre alterações de etapas de concurso público e critérios alternativos durante o estágio probatório, ambos os casos justificados por motivos religiosos. Ao apreciar os recursos, o STF … +

TRF1 assegura a transferência entre universidades para dependente de servidor público, ainda que haja divergência nas grades curriculares das Universidades

- Núcleo de Direito Administrativo

A 6ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), determinou, ao julgar a Apelação Cível n. 1023512-48.2019.4.01.3400, que a Universidade de Brasília (UnB) proceda ao enquadramento e matrícula de estudante dependente de servidor público militar transferido à serviço. Na hipótese, o genitor da Impetrante foi designado para cumprir missão, pelo prazo de dois … +

STF declara a constitucionalidade de normas estaduais que versam sobre a avaliação de desempenho periódica de Procuradores do Estado de São Paulo

- Núcleo de Direito Administrativo

Em dezembro de 2015, a Associação Nacional dos Procuradores do Estado (ANAPE) ajuizou no Supremo Tribunal Federal (STF) a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) n. 5437 para impugnar os arts. 17, V, 27, V, e 135, IV, “d”, da Lei Complementar n. 1.270 do Estado de São Paulo, que possibilitam a avaliação de desempenho periódica … +

TRF1 reconhece a legalidade do ato de exclusão de candidato ao cargo de Delegado da Polícia Federal com base em antecedentes criminais

- Núcleo de Direito Administrativo

Em recente sessão do dia 06.11.2020, ao julgar a Apelação n. 0019799-68.2008.4.01.340, a Quinta Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região reconheceu a legalidade da exclusão de candidato de concurso público para o cargo de Delegado da Polícia Federal por conta de seus antecedentes criminais. No caso, a sentença de primeira instância julgou improcedente … +

TRF1 garante o direito de servidora pública à remoção por motivo de saúde do filho

- Núcleo de Direito Administrativo

No recente julgamento da Apelação n. 1010851-69.2017.4.01.3800, no dia 10.08.2020, a Primeira Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região reconheceu o direito de uma professora universitária à remoção por motivo de saúde de seu filho, diagnosticado com doença incapacitante. O pleito da professora foi indeferido em primeira instância, porquanto o Juízo sentenciante entendeu não … +